Avaliação do Plano Nacional de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais no Transporte Rodoviário de Produtos Perigosos (P2R2): Estudo de Caso BR 393

  • Alexandre da Silva Souza Universidade Severino Sombra
  • Cristiane de Souza Siqueira Pereira Pereira Universidade Severino Sombra
  • Irineu Vieira da Silva Júnior Universidade Severino Sombra
  • Jonas dos Santos Pacheco Universidade Severino Sombra
Palavras-chave: Transporte rodoviário, produtos perigosos, P2R2

Resumo

Os acidentes ambientais são caracterizados como eventos não planejados e indesejados que podem causar, direta ou indiretamente, danos ao meio ambiente e à saúde da população. O desenvolvimento econômico de uma sociedade conduz ao crescimento do consumo industrial de produtos químicos e perigosos e o transporte rodoviário com regulamentações e base em legislação e critérios técnicos é uma das principais atividades que possibilitam as movimentações desses materiais. Este trabalho tem o propósito de avaliar os pontos mais susceptíveis a acidentes com riscos ambientais e sociais, envolvendo o transporte rodoviário de produtos químicos e perigosos da Rodovia BR 393, denominada Rodovia Lúcio Meira. O trecho estudado correspondeu ao Km 282 (limite Municipal da cidade de Volta Redonda e da cidade de Barra do Piraí) ao Km 246 (limite Municipal da cidade de Barra do Piraí e da cidade de Vassouras). Buscou-se avaliar os pontos mais susceptíveis a acidentes com riscos ambientais, bem como a identificação, classificação e as ações de emergência das cargas transportadas. Sendo assim, podendo elaborar medidas para um plano de emergência preventivo e integrado entre os Municípios citados, evitando impactos ambientais provenientes de acidentes e as ações corretivas caso eles aconteçam. 

Referências

PLANO NACIONAL DE PREVENÇÃO, PREPARAÇÃO E RESPOSTA RÁPIDA A EMERGÊNCIAS AMBIENTAIS (P2R2). Disponível em: acesso em: 10 out. 2015;

AGENCIA NACIONAL DE TRANSPORTE TERRESTRE. Resolução nº 420, de 12 de fevereiro de 2004. Instruções Complementares ao Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos. Disponível em <http://www.antt.gov.br/resoluções/00500/resolução420_2004.htm>. Acesso em: 10out. 2015.

Manual para atendimento a Emergências com Produtos Perigosos, São Paulo: ABIQUIM, 2006.

INEA. Rio de Janeiro: Instituto Estadual do Ambiente. Disponível em:<http://www.inea.rj.gov.br/>. Acesso em: 15 out. 2015.

COSTA, M.A. Plano de Ação de Emergência Integrador: uma proposta com base no COMPERJ/CONLESTE. 2013. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2013.

ACCIONA. Sobre a Rodovia do Aço. Disponível em: Http://www.rodoviadoaco.com.br. Acesso em 05 out. 2015.

DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTE. DNIT. Infraestrutra Rodoviária. Nomenclatura das Rodovias Federais. Disponível em: http://www.dnit.gov.br/. Acesso em 05 out.2015.

VIANA, Viviane Japiassú. Riscos ambientais associados ao transporte de produtos perigosos na área de influência da ETA Guandú - RJ, 2009. Dissertação (Mestrado) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2009.

Publicado
2018-12-04