Risco Ergonômico na Atividade Envolvendo Transporte Manual de Cargas no Canteiro de Obras

  • José Guilherme da Silveira Vasconcelos Ferreira Universidade de Vassouras
  • Junio da Silva Amorim Universidade de Vassouras
  • Luane da Silva Lavinas Universidade de Vassouras
  • Barbara Braga Barbosa Universidade de Vassouras

Resumo

Adaptar a forma de trabalhar ao homem ganhou destaque nas últimas décadas e se tornou uma ciência chamada ergonomia, que visa o conforto e a segurança do trabalhador em suas atividades psicofisiológicas, estudando os possíveis riscos que o trabalhador pode sofrer, evitando assim doenças e acidentes de trabalho. Esses riscos ergonômicos na construção civil podem vir desde lesões na pele, que podem ser causadas pela exposição demasiada ao sol, até lesões na coluna vertebral, produto do excesso de carregamento de peso, por exemplo. O presente artigo expõe uma revisão bibliográfica sobre o excesso do manuseio de cargas em canteiros de obras, baseando-se nas medidas e normas regulamentadoras adotadas pelo Ministério do Trabalho. Essa revisão discute tais aspectos e também relata as consequências do transporte incorreto de cargas e as atitudes que devem ser tomadas nesses casos. Esse estudo é elaborado por meio de documentação indireta; um levantamento de dados de outros artigos, monografias e fontes estatísticas. Verificou-se que grande parte dos problemas que o trabalhador sofre nos canteiros de obra está ligada ao carregamento de peso, e, por isso, é preciso a tomada de mudanças e regras, para que o limite da capacidade humana não seja extrapolado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-16