Caracterização do comportamento mecânico e microestrutural do PEAD aditivado com eletrodo de solda

  • Ana Carolina Ferreira Centro Universitário de Volta Redonda/Discente do Mestrado Profissional de Materiais
  • Francine Pamponet Pereira Centro Universitário de Volta Redonda/Discente do Mestrado Profissional de Materiais
  • Gabriela de Castro Rolim Centro Universitário de Volta Redonda/Discente do Mestrado Profissional de Materiais
  • Julia Dutra Braz Centro Universitário de Volta Redonda/Discente do Mestrado Profissional de Materiais
  • Lívia Saboya Matos Centro Universitário de Volta Redonda/Discente do Mestrado Profissional de Materiais
  • Ricardo de Freitas Cabral UniFOA/ Professor responsável Doutor UGB/Professor responsável Doutor

Resumo

O Polietileno é um polímero mais simples em relação à cadeia de polímeros, mundialmente é um dos mais produzidos e consumidos que torna o plástico mais comum não só pelas suas características químicas, mas também por ser um material mais barato. O polietileno de alta densidade (PEAD) é produzido a partir da polimerização do monômero eteno e também por isso pode ser conhecido como polietileno. Ele é resistente à alta temperatura, possui alta resistência à compressão e tração e moderada resistência ao impacto. Por ser um polímero com a densidade elevada é considerado especialmente por fabricação, diversos produtos, tais como embalagens, tanques, sacolas, por ser um material não reativo, atóxico e com boa resistência química têm excelentes propriedades mecânicas, físicas químicas e hidráulicas. O eletrodo de solda foi usado no material para conferir mais resistência ao material final, aumentando sua resistência e também analisar algumas variáveis que influenciam as características do PEAD. No presente trabalho, os corpos de prova foram analisados pelos ensaios de resistência à flexão, dureza Shore D e análise da microestrutura das amostras por microscopia óptica e microscopia eletrônica de varredura (MEV). O presente compósito apresentou valor médio de dureza de 60,816 SD e tensão máxima de 27 MPa. As fibras do compósito apresentaram desordenação, com fraca interação do material.

Biografia do Autor

Ricardo de Freitas Cabral, UniFOA/ Professor responsável Doutor UGB/Professor responsável Doutor
É orientador do mestrado profissional em Materiais do UniFOA e também professor. Possui Doutorado em Ciências em Ciência dos Materiais pelo Instituto Militar de Engenharia – IME, em 2011. É professor responsável Doutor do Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA, onde encontra-se alocado no departamento de Engenharia Elétrica. Possui Mestrado em Ciências em Ciência dos Materiais pelo Instituto Militar de Engenharia – IME, em 2008.  Possui graduação em Física pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - UFRRJ, em 2006. Atualmente trabalha com as linhas de pesquisa de cerâmicas estruturais que possui aplicações nos setores que exigem altas temperaturas e reciclagem de resíduos sólidos oriundos de construção civis. Também é revisor da revista Cadernos UniFOA e da revista Teccem.

Referências

ASTM, D638-14 (2014). Test Method for Tensile Properties of Plastics.

Baptista, Carlos (2012). Ensaios Mecânicos - Ensaios de Flexão. EEL – Escola de Engenharia de Lorena – Universidade de São Paulo.

Callister Jr, W. D., & Rethwisch, D. G. (2012). Ciências e engenharias de Materiais: uma introdução. (8° ed). Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos Editora LTDA.

Canevarolo, S. V. (2007). Técnicas de caracterização de polímeros. São Paulo: Artliber.

Coelho, P. H. S. L. & Morales, A. R. (2013). Efeito da Montmorilonita Organifílica na Compatibilização e nas Propriedades Morfológicas, Mecânicas e Térmicas de Blendas de PA6/ PEBD. Revista Polímeros, 23 (3), 410-416.

Loureiro, A.T. (2017). Desenvolvimento e caracterização de compósitos de PEAD reforçados com resíduos de eletrodos revestidos. (Dissertação de Mestrado Profissional em Materiais, Fundação Oswaldo Aranha, 2017), 83, 4316.

Moreira, W. (2008). Compósitos 1 - Materiais, Processos, Aplicações, Desempenhos e Tendências. São Paulo: ALMAÇO Controle de qualidade na moldagem com resinas poliéster e gel coats, (2), 123-178.

Mano, E. B. & Mendes, L. C. (1999). Introdução à polímeros. (2° ed.). São Paulo: Edgard Blucher.

Publicado
2019-06-28
Seção
Materiais e Energia