Abordagem e tratamento de úlcera de pressão infectada em idosa sob cuidado domiciliar: da atenção primária à especializada

  • Maria Julia Campos Guerra Universidade Severino Sombra
  • Júlia Pereira Alvim
  • Lucas Oliveira Salles
  • Roberta Maria Rola Albergaria
  • José Carlos Dantas Teixeira
  • Aline Trovão Queiroz

Resumo

Nos últimos anos, a população idosa vem aumentando no Brasil e tal fato é acompanhado pelo surgimento de comorbidades, dentre as quais a úlcera por pressão (UP), uma afecção de etiologia multifatorial, considerada problema de saúde pública. Nesse contexto, o cuidado domiciliar prestado pela família do doente, com apoio da equipe da Estratégia de Saúde da Família (ESF), se apresenta como tática capaz de responder à necessidade real da pessoa com condições crônicas. No âmbito da Atenção Primária à Saúde (APS), a equipe da ESF, visando garantir a integralidade do cuidado, é responsável por referenciar, quando necessário, o paciente à Atenção Secundária. Esse artigo objetiva relatar o caso de uma idosa com fatores de risco para UP, que apresentou uma UP em calcâneo infectada por miíase, sendo referenciada ao serviço de Cirurgia Geral de um Hospital Universitário para desbridamento da lesão e, posteriormente, retornando à APS para continuidade do cuidado. Os dados deste relato foram colhidos do prontuário da paciente em um Hospital Universitário. Para revisão e discussão deste artigo foram utilizadas as bases de dados Lilacs, Scielo, Medline, BVS e Pubmed. Ressalta-se a importância do cuidado integral, buscando garantir a promoção, proteção, recuperação, reabilitação e manutenção da saúde do paciente. Desse modo, os cuidadores familiares, orientados por profissionais de saúde, são também atores essenciais na continuidade do cuidado, pois assim, aliando práticas curativas às preventivas, em todos os níveis de atenção à saúde, busca-se uma melhor qualidade de vida para o paciente.

Palavras-chave: Lesão por Pressão; Assistência Domiciliar; Atenção Primária à Saúde; Integralidade em Saúde; Atenção Secundária à Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Julia Campos Guerra, Universidade Severino Sombra
Graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em dezembro de 2008 e especialista em Atenção à Saúde da Família pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), em outubro de 2010. Especialista em Gestão em Saúde Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em julho de 2012. Concluiu o Mestrado em Saúde Coletiva pela Faculdade de Medicina da UFJF, em abril de 2013. Foi tutora a distância do curso de Especialização em Saúde da Família da Universidade Aberta do SUS, da Universidade de Brasília (UnASUS/UnB) no período de maio de 2012 a setembro de 2013. Concluiu a Especialização em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação à Distância, pela UFF, em março de 2015. Atualmente é Cirurgiã-Dentista concursada da Estratégia Saúde da Família do município de Areal, RJ, e professora Assistente II do Curso de Medicina da Universidade Severino Sombra (USS), Vassouras, RJ.
Publicado
2021-03-23
Como Citar
Campos Guerra, M. J., Pereira Alvim, J., Oliveira Salles, L., Rola Albergaria, R. M., Dantas Teixeira, J. C., & Trovão Queiroz, A. (2021). Abordagem e tratamento de úlcera de pressão infectada em idosa sob cuidado domiciliar: da atenção primária à especializada. Revista De Saúde, 12(1), 30-34. https://doi.org/10.21727/rs.v12i1.2220
Seção
Relato de Caso