Contaminação de profissionais e acadêmicos no centro cirúrgico de um Hospital Universitário após higienização das mãos

  • Maria Cristina Almeida de Souza Universidade Severino Sombra
  • Altair Paulino de Oliveira Campos Universidade de Vassouras. Mestrado em Ciências Aplicadas em Saúde
  • Gabriel Porto Soares Universidade de Vassouras. Mestrado em Ciências Aplicadas em Saúde
  • Saulo Roni Moraes Universidade de Vassouras. Mestrado em Ciências Aplicadas em Saúde

Resumo

Introdução: embora a higienização das mãos seja a medida mais importante e reconhecida há muitos anos na prevenção no controle das infecções nos serviços de saúde, colocá-la em prática consiste em uma tarefa complexa e difícil. Objetivo: avaliar a contaminação, após higienização das mãos, dos profissionais que atuam no centro cirúrgico do Hospital Universitário de Vassouras (HUV). Metodologia: tipo transversal e observacional. Após higienização das mãos, foi solicitado aos profissionais e acadêmicos que realizasse a impressão da palma de uma das mãos, interdigital e unhas em Swab. O material coletado foi colocado em placa de Petri e levado a estufa para verificação do crescimento bacteriano. Resultados: foram coletadas 67 amostras dos profissionais. Foram encontrados 3 diferentes grupos de bactérias : Grupo Safilococcus coagulase negativo,  Stafilococcus aureus (+) e Bacilos gram negativo com predominância de maior contaminação no grupo dos médicos ortopedistas e acadêmicos,e menor contaminação no grupo de enfermeiros. Considerações finais: a técnica de higienização das mãos não foi realizada de modo eficaz.

Palavras-chave: Desinfecção das Mãos; Hospital, Infecção hospitalar; Serviços de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cristina Almeida de Souza, Universidade Severino Sombra
Doutora. Mestre. Especialista. Docente do Curso de Medicina da USS. Área Saúde Coletiva
Publicado
2019-12-09
Como Citar
Souza, M. C. A. de, Campos, A. P. de O., Soares, G. P., & Moraes, S. R. (2019). Contaminação de profissionais e acadêmicos no centro cirúrgico de um Hospital Universitário após higienização das mãos. Revista De Saúde, 10(2), 26-30. https://doi.org/10.21727/rs.v10i2.1830
Seção
Artigos Originais