Prevenção à pediculose por meio de ações de educação saúde

  • Amanda Danielly de Matos Bregalda Mora
  • Edsneider Pires da Rocha Souza

Resumo

A pediculose é uma infestação muito comum na infância, causada pelo parasita Pediculus humanos capitis, que se reproduz com muita rapidez. Frequentemente observam-se lesões provocadas pela coceira no couro cabeludo e que podem produzir complicações, como infecções bacterianas, micoses e, em casos mais graves, miíases. Relatar a experiência advinda com a realização de ações de
educação em saúde sobre pediculose tendo como público alvo as famílias do território adscrito a uma Unidade Estratégia Saúde da Família, em Vassouras/RJ, ressaltando de que forma as atividades preventivas e empoderamento das pessoas para o autocuidado contribui para sua qualidade de vida. Trata-se de relato de experiência de realização, pelo Médico de Família e Comunidade, de ações de educação em saúde sobre temática pediculose.No cotidiano dos atendimentos médicos de crianças em idade escolar de uma Unidade Estratégia Saúde da Família no município de Vassouras, região centro
sul fluminense, tem-se observado um elevado número de diagnósticos de pediculose, despertando
preocupação entre os integrantes da equipe de saúde. Cabe aos profissionais de saúde promover
estratégias que previnam complicações dessa doença, além da detecção precoce e ações articuladas de
educação em saúde para os núcleos de trabalho infantil e familiar. A realização de grupos educativos,
ora na Unidade de Saúde, ora na comunidade, é uma das principais oportunidades para praticar-se
a negociação, a corresponsabilização e as relações entre o profissional de saúde e a comunidade.
As atividades desenvolvidas fortaleceram o compromisso da equipe com a promoção da saúde das
famílias do território por meio das atividades de educação em saúde, que ao empoderarem as pessoas,
contribuíram para o bem estar. Os processos educativos baseados nos princípios de uma pedagogia crítica,
transformadora e abrangente contribuem para o fortalecimento dos princípios do Sistema Único de Saúde.

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. Guia prático do Programa de Saúde da Família, 2002. 129 p. Disponível em: <http://dtr2002.saude.gov.br/caadab/arquivos%5Cguia_

psf1.pdf>. Acesso em 8 agosto de 2015.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa. Departamento de Apoio à Gestão Participativa. Caderno de educação popular e saúde, 2007. 160 p.

ABC .MED.BR, 2012. Pediculose: o que devemos saber sobre os piolhos?. Disponível em: <http://www.abc.med.br/p/sinais.-sintomas-e-doencas/293560/pediculose-o-que-devemos-saber-sobre-os-piolhos.htm>. Acesso em: 20 ago. 2015.

Publicado
2017-08-31
Como Citar
Bregalda Mora, A. D. de M., & Souza, E. P. da R. (2017). Prevenção à pediculose por meio de ações de educação saúde. Revista De Saúde, 8(1 S1), 127. Recuperado de http://editora.universidadedevassouras.edu.br/index.php/RS/article/view/1095
Seção
Resumo - Suplemento