Qualidade de vida promovida pelo Projeto Ipiranga: Percepção dos participantes. Um estudo preliminar

  • Diogo Barros Guterres
  • Sávio Reis Fonseca
  • Maria Cristina Almeida de Souza
  • Marcos Antônio Mendonça
Palavras-chave: Qualidade de vida, Compromisso Social, Estratificação Social

Resumo

Nos bairros Ipiranga e Itakamosi, em Vassouras, residem cerca de 800 pessoas que enfrentam dificuldades socioeconômicas. Diante disso, o projeto Ipiranga proporciona ações de educação em saúde, prevenção a doenças e assistência básica à saúde aos participantes do projeto. Viabiliza-se prática médica na qual o aluno constrói conhecimento sobre os determinantes socioeconômicos, culturais e ambientais do adoecimento. A percepção da comunidade sobre as atividades realizadas pelo projeto é fundamental para tomada de decisão organizacional, visando à melhoria interna e aprimoramento das ações realizadas. Este trabalho verificou a percepção dos moradores sobre o impacto do projeto na sua qualidade de vida. Estudo quantitativo. Dados coletados por instrumento estruturado com 12 questões (Escala Servqual modificada). Questões abordaram temas como satisfação, confiança, responsabilidade da equipe, segurança nos integrantes do projeto, impacto na qualidade de vida, alcance dos objetivos. Participantes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Projeto aprovado pelo CEP da USS em 14/06/2013 (Parecer 308.142). Da amostra, constituída por 25 participantes (3% da população), 88% teve confiança nas atividades executadas, 94% percebeu a responsabilidade da equipe, 92% dos entrevistados se sentiram seguros no momento da visita, 92% considerou positivo o impacto na qualidade de vida promovido pelo projeto, que atingiu seus objetivos para 100% dos participantes. O cuidado prestado viabilizou o compartilhamento de saberes entre a universidade e a comunidade. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), qualidade de vida é a percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. Ao contribuir para a qualidade de vida dos moradores dos bairros Ipiranga e Itakamosi, o Projeto Ipiranga ratifica o compromisso social da Universidade Severino Sombra e consolida a via de mão dupla comunidade-universidade, imprescindível ao empoderamento social bem como à graduação de profissionais comprometidos com uma sociedade equânime e justa. O atendimento à saúde viabilizado por meio do projeto utiliza o conhecimento técnico-científico como instrumento de promoção da qualidade de vida e de transformação social para os moradores dos bairros Ipiranga e Itakamosi, em Vassouras/RJ. Na percepção dos participantes, o projeto contribuiu para sua qualidade de vida.

Referências

Souza MCA, Costa EMA, Côrtes Júnior JCS, Teixeira JCD, Mendonça MA, Gonçalves SJC.Manual de campo para alunos de medicina: estratégia otimizadora da prática médica na comunidade. Revista Fluminense de Extensão Universitária. 2015;5(2):23-25.

Souza MCA, Mendonça MA, Costa EMA, Teixeira JCD, Côrtes Júnior JCS, Gonçalves SJC, Almeida Júnior EHR. Inovação pedagógica na abordagem teórico-metodológica da temática Ecologia Médica no currículo do curso de graduação em medicina. Revista Práxis. 2014;VI(12):77-83.

Bollela VR, Germani ACCG, Campos HH, Amaral E. Educação Baseada na comunidade para as profissões de saúde: aprendendo com a experiência brasileira.FUNPEC, 2014.

Organização Mundial Da Saúde(OMS).http://www.who.int/eportuguese/countries/bra/pt/> Acesso em 01/07/2016.

(T) characteristics. Journal of the American Academy of Dermatology. 2011;64(6):1051-1059

Publicado
2017-08-31
Como Citar
Guterres, D. B., Fonseca, S. R., de Souza, M. C. A., & Mendonça, M. A. (2017). Qualidade de vida promovida pelo Projeto Ipiranga: Percepção dos participantes. Um estudo preliminar. Revista De Saúde, 8(1 S1), 55-56. Recuperado de http://editora.universidadedevassouras.edu.br/index.php/RS/article/view/1049
Seção
Resumo - Suplemento