Promoção à Saúde Mental dos Estudantes Universitários

  • Elaine Antunes Cortez Universidade Federal Fluminense
  • André Luiz de Souza Braga Universidade Federal Fluminense
  • Alessandra Gonçalo da Silva Oliveira Universidade Federal Fluminense
  • Beatriz Folly Ribas Universidade Federal Fluminense
  • Mônica Montuano Gonçalves Ramos Mattos Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Tatiane Glicerio Marinho Universidade Federal Fluminense
  • Thayná Victório Costa Cavalcanti Universidade Federal Fluminense
  • Virgínia Faria Damásio Dutra Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Saúde mental – Promoção da saúde – Estudantes

Resumo

O presente artigo trata-se de um estudo descritivo e exploratório de natureza qualitativa, e  propõe como objetivos: descrever as atividades do projeto extensão que acontece dentro de uma universidade federal do Rio de Janeiro e é intitulado: “Promoção da Saúde Mental dos Estudantes Universitários”; Levantar pontos positivos e negativos do projeto na visão dos alunos; e analisar os benefícios para saúde mental em participar do projeto. Os participaram do projeto 28 estudantes universitários de faculdades públicas ou privadas, de diversos cursos. O projeto foi realizado entre abril a julho de 2016, com 15 encontros semanais presenciais e atividades externas. As atividades presenciais foram: dinâmica do espelho, corte e colagem, mímica, respiração, origami, tai chi chuan, bolo de caneca, fuxico, dinâmica do anjo, jardinagem, mandala, rio da vida, oficina sensorial, reciclagem, dança, teatro e karaokê. As atividades externas foram: momentos junto à natureza, filme/cinema, respiração, origami, customizar o caderno pessoal de anotações e atividades do projeto, ver vídeo de relaxamento, bolo de caneca, ornamentação de planta, correr ou caminhar, rio da vida, atividade sensorial, reciclagem, ouvir sua música favorita, ver mídia de comédia e dinâmica do anjo. Os pontos negativos foram: mesmo cenário; números de faltas; horário; divulgação; atividade extraclasse. Pontos positivos: atividades variadas, horário, informalidade, aprender coisas novas, conhecer novas pessoas e entretenimento.  Os alunos perceberam a importância de equilibrar as atividades da vida acadêmica com atividades de lazer. Foi notável a satisfação e o interesse deles no projeto, e perceptível pelo relato dos mesmos a melhora na saúde mental.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-06-02
Seção
Enfermagem