Fatores que interferem no aleitamento materno: Implicações para enfermagem

Resumo

Objetivo: Identificar os fatores que interferem no aleitamento materno e as implicações para a prática de enfermagem. Metodologia: Metodologia de Lakatos (2010), sendo o método com conjunto das atividades sistemáticas e racionais que, com maior segurança e economia, permite alcançar o objetivo - conhecimentos válidos e verdadeiros -, traçando o caminho a ser seguido, detectando erros e auxiliando as decisões do cientista.  Foi realizado um levantamento de dados através da base de dados  Biblioteca Virtual em Saúde, com artigos publicados no período de 2014 a 2019. Resultados: Foram encontrados 622 artigos, a amostra final desta revisão foi constituída por 28 artigos científicos, selecionados pelos critérios de inclusão previamente estabelecidos. Conclusão: Apesar das limitações encontradas no presente estudo a pratica de amamanetação tem se mostrado eficaz pelas puerpéras, contudo é um trabalho que deve ser desempenhado pela enfermagem de forma efetiva, auxiliando nas dificuldades encontradas e ressaltando a importância do aleitameno materno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diogo Jacintho Barbosa, Universidade do Estado do Rio de Janeiro Universidade Federal do Rio de Janeiro
Doutorando em Enfermagem (UERJ). Mestre em Telemedicina e Telessaúde (UERJ). Graduação em Enfermagem (GAMA FILHO). Membro dos Grupos de Pesquisa Telemedicina e Telessaúde (UERJ) e do Grupo Promoção à Saúde e Cuidado na Atenção Primária, na linha de pesquisa: Avaliação de Serviços e Tecnologias (FIOCRUZ).Membro do Corpo Editorial na função de revisor dos seguintes periódicos: Pesquisa e Saúde da Universidade Cesumar e Revista de Saúde Santa Maria da Universidade Federal de Santa Maria. Membro da ISFTeH - International Society for Telemedicine and eHealth. Professor Substituto na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).Professor de Curso Preparatório em Enfermagem de Nível Superior e Médio. . Atuante na área de saúde desde 2009 nas seguintes temáticas: Educação em Enfermagem, Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas, Drogas Psicoativas, Telessaúde, Tele-educação.
Publicado
2020-12-11