Cotidiano de mulheres colostomizadas e o impacto na sexualidade

Resumo

Objetivo: Conhecera interferência no cotidiano e na expressão da sexualidade de mulheres comcolostomias. Metodologia: Trata-se de uma revisão descritiva, exploratória e qualitativa. Os dados foram coletados na base de dados BVS, Scielo e LILACS. Os critérios de inclusão para a realização do trabalho foram artigos brasileiros e estrangeiros publicados entre os anos de 2015 e 2019. Dessa forma, 9 artigos foram selecionados para interpretação, análise, discussão e estruturação deste trabalho. Resultados: Parte significante das mudanças concentra-se no controle fecal e de gases, tal como problemas na prática de atividades do dia a dia, no exercício profissional e em momentos de lazer. Quanto a sexualidade,a mulher colostomizadapode apresentar barreiras construídas por ela mesma, como os sentimentos de insegurança e vergonha do próprio corpo, resultantes do abalo psicológico ocasionado pela mudança da imagem corporal.Conclusão: É muito importante que sejam implementadas estratégias educativas para mulheres estomizadas e seus parceiros, a fim de que sejam auxiliados a superarem suas dificuldades, com o intuito de se tornarem capazes de vivenciar sua sexualidade e suas vidas de forma agradável.A equipe de enfermagem exerce papel fundamental no acompanhamento e assistência à essas pacientes, proporcionando o estímulo do autocuidado e fortalecimento da autoestima e reintegração social.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-11