A espiritualidade no enfrentamento de crises globais

Resumo

Introdução: Diversos estudos destacam a espiritualidade como mediador capaz de dotar os indivíduos de recursos importantes para a superação de adversidades. Considerando as periódicas crises enfrentadas pela humanidade ao longo da história, sejam resultantes de guerras, problemas econômicos, desastres ambientais ou doenças pandêmicas, e os impactos desestruturantes causados pelas mesmas, o objetivo deste artigo é refletir se a espiritualidade influencia o enfrentamento de crises globais, através da análise de eventos históricos.Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, tipo análise reflexiva, construída a partir de artigos científicos nacionais e internacionais pesquisados no Google Acadêmico, Lilacs, BVS, MEDLINE e na biblioteca SciELO. Resultados e Discussões: A pandemia do novo Coronavírus, evidenciou a necessidade de analisar o contexto das crises financeiras e acontecimentos globais trágicos ao longo de décadas, com ênfase ao processo vivenciado pela população mundial e as alternativas utilizadas no seu enfrentamento. Nessa perspectiva, considerou-se os relatos históricos e observou-se que a espiritualidade e a religiosidade estão associadas com a melhor saúde física e mental e com a maior eficácia na superação das crises.Considerações Finais: Ainda são escassas as pesquisas no campo da espiritualidade frente a calamidades, porém, ante a vivência de mais uma pandemia, há a necessidade de preenchimento dessa lacuna. Assim, verificou-se através de diversas ações humanas relatadas historicamente que a espiritualidade auxiliou de forma positiva no enfrentamento de crises e pandemias e pode ser aplicada como uma estratégia de manejo na atualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-12-11
Seção
Espiritualidade e Saúde