Educação Permanente e qualificação do cuidado na Atenção Primária -

Uma nota prévia sobre o processo político-pedagógico e o gestor

Resumo

RESUMO

 

Objetivos: Promover uma reflexão sobre as atribuições dos gestores e sua relação com a qualificação do cuidado prestado na Atenção Primária, tendo como base as diretrizes da Política Nacional de Educação Permanente; Analisar as práticas profissionais dos gestores e quais ações têm sido desenvolvidas para implantar e/ou implementar a educação permanente como uma estratégia para qualificação do cuidado prestado na atenção primária; e Elaborar uma ferramenta digital que facilite aos gestores integrar ações de ensino-serviço,  no intuito de qualificar o processo de trabalho, promovendo discussões contínuas e compartilhadas. Método: estudo com caráter qualitativo e uma abordagem descritiva, utilizando como técnica de coleta de dados uma entrevista tendo como instrumento, um questionário semi-estruturado. Os dados serão interpretados à luz do método da análise de Bardin. O cenário da pesquisa será uma Coordenação de Área Programática do município do Rio de Janeiro, com participação de 12 gestores da APS. Os dados serão coletados após aprovação pelo comitê de ética em pesquisa da UFF respeitando-se as Resoluções do Conselho Nacional de Saúde nº. 466/2012 e 510/2016. Resultados esperados: pretende-se instrumentalizar os gestores e consequentemente os profissionais da APS com a criação de uma plataforma digital reunindo protocolos, fluxos e um canal de comunicação livre. Espera-se com este material ampliar ações de EPS nos serviços de saúde.

Palavras-chave: Atenção Primária a Saúde, Educação Continuada, Gestão em Saúde, Gestor de Saúde, Qualificação do Cuidado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-18