Depressão e risco de suicídio entre acadêmicos de enfermagem: estratégias de intervenção do docente

Resumo

Introdução: Este estudo pretende abordar a experiência dos discentes e docentes de enfermagem sobre depressão e suicídio nos acadêmicos deste curso. A depressão constitui um sofrimento mental e implica de forma negativa no aprendizado dos alunos, além de aumentar a possibilidade do suicídio entre os jovens com depressão grave. Materiais e métodos: Pesquisa qualitativa com discentes e docentes de enfermagem de uma universidade privada. A sociopoética será usada como método de pesquisa e análise. Em um primeiro momento, o trabalho se dará pelo grupo pesquisador formado por acadêmicos de enfermagem. O tema gerador será a experiência de algum sentimento relacionado a depressão e suicídio durante a universidade. Em um segundo momento, os alunos irão mencionar docentes que ofereceram suporte emocional neste período. Estes docentes serão entrevistados. Serão realizados três encontros; no terceiro encontro será realizada a contra-análise para que possa ser avaliada, a partir dos dois primeiros encontros, a ocorrência do compartilhamento de estratégias sobre os possíveis caminhos para o enfrentamento de sintomas relacionados a depressão e ideação suicida nestes alunos. Esta contra-análise será o instrumento de validação do estudo. Resultados esperados: Espera-se que ao trazer esta temática os alunos dialoguem sobre suas experiências e os docentes possam refletir sobre possíveis estratégias para continuar a minimizar o sofrimento discente.

Decs: saúde mental, alunos de enfermagem e professores universitários.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-11