Estomias Intestinais: Do contexto histórico ao cotidiano do paciente estomizado

Resumo

Trata-se de uma pesquisa bibliográfica de abordagem qualitativa e caráter descritivo que tem como objeto de estudo as vivência com a estomia intestinal, que objetivou descrever o cotidiano do paciente estomizado intestinal. Como metodologia, utilizaram-se artigos publicados em base de dados virtuais. Para tal utilizou-se a Biblioteca Virtual de Saúde, nas bases de informações LILACS, BDENF, MEDLINE e SCIELO, com recorte temporal de 2008 a 2018. O paciente sofre com as modificações corporais, alterações no nível de dependência, o comprometimento da sexualidade, com a alteração da autoestima, entre outros, o que pode comprometer seu bem-estar e consequentemente a sua qualidade de vida Conclui-se Diante das perspectivas abordadas pelo estudo apresentado desde os primórdios, até o presente século, os estomas sofreram evolutivos estudos para aprimoramento da técnica conforto e bem-estar dos pacientes. O estomizado, por sua vez, produz uma nova imagem, podendo ser percebida como desafiadora, diante de comprometimentos como a sexualidade, estética, aceitação, autocuidado e autoestima.

Publicado
2019-12-11