Educação Permanente em Saúde em um município da região metropolitana do Rio de Janeiro: saberes e práticas

Resumo

O objeto central da análise deste estudo é a Educação Permanente em Saúde (EPS) e sua constituição nas práticas locais de saúde. Objetiva investigar saberes e práticas sob a ótica da EPS em um município da região metropolitana do estado do Rio de Janeiro. Para tanto, será desenvolvida pesquisa do tipo descritiva e exploratória, com abordagem qualitativa.  A coleta de dados acontecerá a partir de encontros conduzidos sob a perspectiva de Grupos Focais e entrevistas de aprofundamento. Os grupos focais com participação multiprofissional acontecerão em cinco encontros com cerca de 15 participantes incluindo trabalhadores da gestão e da assistência, de nível fundamental, médio e superior. As entrevistas serão conduzidas através de roteiro semiestruturado com informantes chave para aprofundamento das temáticas abordadas nos grupos focais. Serão incluídos no estudo trabalhadores da gestão e da assistência (atenção primária) que estejam atuando no município à pelo menos 1 ano e concordarem em participar da pesquisa.  Serão excluídos os trabalhadores que estiverem de férias ou de licença médica durante a fase de coleta de dados. Espera-se que o estudo possa fortalecer a EPS como norteadora de práticas e reflexões sobre o processo de trabalho e incentivar ações transformadoras nas realidades locais dos serviços de saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-11