Educação permanente como estratégia para auxiliar o profissional de saúde no acolhimento às nutrizes em sofrimento mental do banco de leite humano.

Resumo

Apresenta-se um projeto de Pesquisa do Mestrado Profissional em Ensino da Saúde da Universidade Federal Fluminense (UFF). Objetivo geral: propor a Educação Permanente em Saúde no Banco de Leite Humano (BLH) como estratégia para contribuir para o acolhimento às nutrizes em sofrimento emocional durante o aleitamento materno. Método: trata-se de um estudo com abordagem mista (quantitativa e qualitativa) descritivo e exploratório, pesquisa de campo, pesquisa-ação do tipo convergente assistencial. Que será realizado em um BLH de um hospital Universitário do Município de Niterói (RJ). O referencial político será a Política de Educação Permanente e como referencial teórico serão utilizados os preceitos de cuidado trazidos por  Merhy, autor que dá subsídios para a temática proposta. Pretende-se para coleta de dados a utilização do questionário validado que será aplicado as Nutrizes “Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS)”, em um segundo momento com os profissionais de saúde serão realizadas oficinas de acordo com a metodologia da Problematização do Arco de Maguerez.

Descritores: Acolhimento. Profissionais de Saúde. Bancos de Leite. Serviços de Saúde Humanização da Assistência. Sofrimento Mental.

 

 

 

 

 

Biografia do Autor

Elaine Cortez, Universidade Federal Fluminense

A coautora participou na revisão e acompanhamento de todo trabalho (como orientadora) e colaborou na escolha do referencial teórico bem como leitura dos artigos  que serviram como referência para o artigo.

Publicado
2019-12-11