Educação Permanente: Caminho para Sistematização da Assistência de Enfermagem em Saúde Mental

Resumo

Objetiva informar a pesquisa para implementar espaço permanente de reflexão-ação-reflexão sobre Sistematização da Assistência de Enfermagem com elaboração coletiva de um calendário de atividades utilizando as Metodologias Ativas, onde serão apresentados e discutidos elementos orientadores para elaboração da assistência de enfermagem e suas etapas a serem preenchidas em conjunto para (re)orientar o projeto terapêutico singular multidisciplinar. Apresenta como objetivos específicos a identificação do modelo de assistência de enfermagem existente no Centro de Atenção Psicossocial III na zona sul do Rio de Janeiro e investigar, junto a equipe de enfermagem, os limites e as possibilidades para implementação da Sistematização da Assistência de Enfermagem em Saúde Mental neste serviço. Metodologia: pesquisa qualitativa descritiva exploratória, com aplicação de questionário semi-estruturado autoaplicado e oficinas com Metodologia do Arco de Maguerez, com os 18 profissionais de enfermagem da unidade pesquisada. Para análise será utilizada a análise de conteúdo de Bardin e a Metodologia da Problematização. Resultados: Propõe  incorporar a Educação Permanente ao cotidiano para implementação da SAE em Saúde Mental, como norteador do cuidado. Considerações: Acredita ser instrumento orientador da prática cotidiana do cuidado e facilitador da comunicação entre profissionais, usuários e familiares, respeitando a transparência do SUS. E contribuir academicamente  ao incorporar, com qualidade, as produções científicas a respeito e no processo de (re)construção do saber no manejo das práticas profissionais. Diminuindo a dicotomia entre o saber e fazer, além da compreensão de um novo sujeito, ativo participa continuamente da construção do processo do cuidar.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-11