Manejo cirúrgico do paciente submetido à terapia anticoagulante oral

Resumo

Resumo

Introdução: Bem se sabe que quando um paciente está submetido à terapia anticoagulante, seus níveis de coagulação ficam alterados, aumentando o risco de intercorrências transoperatórias. Dessa forma, tem-se levantado muitos questionamentos, tanto na área médica como na odontológica, quanto à melhor conduta a se seguir para a realização de um tratamento cirúrgico-odontológico seguro em pacientes anticoagulados. Com o objetivo de realizar uma revisão de literatura abordando as peculiaridades inerentes ao atendimento adequado e com segurança desses pacientes, elucidando o método de diagnóstico, os exames pré-operatórios a serem solicitados, bem como os riscos existentes na manutenção ou interrupção da terapia anticoagulante a qual os pacientes estão sendo submetidos. Materiais e Métodos: Foi realizada uma busca na base de dados Scientific Electronic Library Online (SCIELO), PubMed e Google acadêmico com os descritores: “surgery oral”, “anticoagulants” e “toothextraction”, no mês de Setembro de 2018, onde foram levantados 25 artigos e foram selecionados 18 artigos de acordo com os critérios de inclusão. Conclusão: Foi observado que a manutençãodaterapêutica anticoagulante oral vem sendo preconizada, considerando o valor da Razão normalizada internacional (RNI) dentro do adequado como de sumaimportância, assim como o uso de alguma medida hemostática local, bem como as devidas instruções para o período de pós-operatório.

Descritores: Cirurgia bucal. Anticoagulantes. Extração dentária.

Biografia do Autor

Thaís Evellyn da Silva, Universidade de Vassouras

Cirurgiã-Dentista graduada pela Universidade de Vassouras. RJ, Brasil.

Emanuele Castro de Araújo, Universidade de Vassouras

Cirurgiã-Dentista graduada pela Universidade de Vassouras. RJ, Brasil.

Marcela Paschoal Rocha, Universidade de Vassouras

Cirurgiã-Dentista graduada pela Universidade de Vassouras. RJ, Brasil. 

Leandro Moraes Coelho de Oliveira, São Leopoldo Mandic

Mestrando em Saúde Coletiva pela São Leopoldo Mandic, Campinas. SP. Especialista em CTBMF FOV-FAA Valença, Rio de Janeiro, Brasil.

Referências

Gerzson AS, Lorenzo G, Lopes LAZ, Gallicchio LHH. Cirurgias odontológicas em pacientes sob terapia com antiagreganteplaquetário e anticoagulante oral: Revisão de literatura. Dental Press Publishing - J ClinDent Res. 2016 Apr/June; 13(2):98-105.

Kreuger MR, Diegoli MN,Pedrini RA, Porfírio VR, Silva F. Consulta Odontológica e doença sistêmica: Análise do conhecimento dos cirurgiões dentistas em Itajaí-SC. FOL • Faculdade de Odontologia de Lins/Unimep. 2009; 21(2):15-22.

Castro, IN, Tibúrcio RC, Souki MA. Reversão de urgência da anticoagulação. RevMed Minas Gerais. 2014; 24 (Supl3): S49-S59

Pesse, MS; Macedo LD; Mestriner SF; Bataglion, CAN. Protocolo de atendimento odontológico a pacientes usuários de terapia antitrombótica, RFO UPF - Passo Fundo. 2018 maio/ago.; 23(2): 229-235.

Gomes, DFN, Cirurgia oral em pacientes sob terapia anticoagulante. Dissertação (Mestrado em Medicina Dentária) Instituto superior de ciências da saúde Egas Moniz. 2016; 61p.

Junior OC. Ponderações nos procedimentos cirúrgicos odontológicos em pacientes sob terapia antitrombótica: Revisão de literatura. Rev. bras. odontol., Rio de Janeiro. 2016 out./dez.; 73(4): 315-319.

Pedrosa, MS; Galdino, JCS; Ferro, FED; Pompeu, JGF; Borba, MSC. Cirurgias orais em pacientes em uso de Varfarina. Revista Bahiana de Odontologia. 2016 Jun7(2):132-139.

Araujo, FM; Lopes, MVN; Alvarenga, RL; Alvarenga, GL; Souza, LN. Cirurgia Oral em Pacientes sob Terapia com Anticoagulantes Orais: Revisão da Literatura e Apresentação de Dois Casos Clínicos. Volume 51, N°4, 2010.

Amarala COF, Nascimento FM, Pereira FD, Parizia AGS, Straiotoa FG, Amaralb MSP. Bases para Interpretação de Exames Laboratoriais na Prática Odontológica. UNOPAR CientCiêncBiol Saúde. 2014; 16(3): 229-37.

Siqueira, CR; Machado, FAR; Souza, SMF. Terapia Anticoagulante em candidatos a cirurgia oral: Revisão de literatura, InterdisciplinaryScientificJournal. 2017 Oct-Dec; 4(5):152-162.

Mouchrek, MMM; Frazão, MCA; Costa, MA; Silva, GQTL; Pereira, EM; Cruz, MCF. Exodontia em paciente usuário de anticoagulante. Faculdade de Odontologia de Lins/Unimep. 2015 jan.-jun.; 25(1) 47-54.

Lourenço DM, Lopes LHC, Vignal CV, Morelli VM. Avaliação Clínica e Laboratorial de Pacientes em Uso de Anticoagulantes Orais. ArqBrasCardiol. 1997; 68 (5): 353-356.

Antônio N, Castro G, Ramos D, Machado A, Gonçalves L, Macedo T, Providência LA. Controvérsias na Anticoagulação Oral: Continuar ou Interromper os Anticoagulantes Orais durante a Intervenção Estomatológica? RevPortCardiol. 2008; 27: 531-44.

Hanken H, Grobe A, Heiland M, Smeets R, Kluwe L, WiknerJ, et al. Postoperative bleeding risk for oral surgery under continued rivaroxaban anticoagulant therapy. Clin Oral Invest, 2016; 20(6): 1279-82.

Febbo A, Cheng A, Stein B, Goss A, Sambrook P. Postoperative bleeding following dental extractions in patients anticoagulated with warfarin. J Oral Maxillofac Surg. 2016 Aug; 74(8): 1518-23.

Dantas AK, Deboni MCZ, Piratininga JL. Cirurgias odontológicas em usuários de anticoagulantes orais. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. 2009.

Ferreira JS, GIL VM. Risco Cardiovascular Associado à Interrupção dos AntiagregantesPlaquetares e Anticoagulantes Orais. RevPortCardiol. 2009; 28:845-58.

Dinkova A, Kirova D, Delev D. Management of pacients on anti-ciagulant therapy undergoing dental surgical procedures. Review Article, Journal of IMAB. 2013; 19(4): 321-326. Disponívelem: http://dx.doi.org/10.5272/jimab.2013194.321

Publicado
2019-06-29
Seção
Odontologia