Captação da Gestante para Pré-natal precoce

Resumo

O presente trabalho traz um panorama da assistência pré-natal no contexto da atenção básica de saúde e da Estratégia de Saúde da Família (ESF), alertando para a importância do profissional de enfermagem nesse processo para a eficácia da estratégia de saúde, da prevenção de doenças e da diminuição dos índices de mortalidade durante a gravidez. Tem como objetivos identificar as dificuldades do enfermeiro da atenção básica para a captação de gestantes no pré-natal do primeiro trimestre gestacional. Elaborou-se uma pesquisa de campo, de caráter descritivo e abordagem quali-quantitativa sobre as dificuldades vivenciadas pelo enfermeiro na atenção básica de saúde durante a assistência pré-natal, por meio de uma entrevista semi-estruturada realizada com 10 enfermeiros de diferentes unidades de saúde do município de Vassouras/RJ. Verificou-se a necessidade não só de ampliar a captação de gestantes para o recebimento desse cuidado como também a necessidade de aprimorar as estratégias utilizadas nas gestantes captadas. Concluiu-se que os enfermeiros da atenção básica em Vassouras passam por muitas dificuldades na captação de gestantes no primeiro trimestre gestacional, dificuldades inclusive de percepção da própria realidade e de formação e que o quadro não é pior por conta do papel exercido pelas agentes comunitárias de saúde nesse processo.

Biografia do Autor

Andrea Fferreira Serrazina, Universidade de Vassouras
Acadêmico do Curso de Enfermagem, Universidade de Vassouras. RJ, Brasil.
Geisa Sereno Velloso da Silva, Universidade de Vassouras
Mestre. Professor do Curso de Enfermagem, Universidade de Vassouras. RJ,

Referências

Brasil, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Cadernos de Atenção Básica, n° 32. Atenção ao pré-natal de baixo risco. Brasília; 2012.

Cruz RSBLC. Aspectos Históricos, Conceituais e Organizativos do Pré-natal, Revista Brasileira de Ciências à Saúde, 2014; 18(1):87-94.

Silva GSV. A Incerteza Criativa: O Modelo Teórico do “Intuir Empático” Subsidiando o Cuidado de Enfermagem de Saúde Mental no Programa de Saúde da Família. Dissertação do Mestrado. Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Enfermagem Anna Nery, 2012.

Galavote HS, et al. O trabalho do Enfermeiro na Atenção Primária à Saúde. Escola Ana Nery, [S.L], jan./mai. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v20n1/1414-8145-ean-20-01-0090.pdf Acesso em: Outubro de 2018.

Nunes ADS, Amador AE, Dantas APQM, Azevedo UM, Barbosa IR. Acesso à assistência pré-natal no Brasil: análise dos dados da pesquisa nacional de saúde. Rev. Bras. Promoção da Saúde. 2017;30(3).

Publicado
2019-06-28
Seção
Artigos