Tendências temáticas e metodológicas da enfermagem brasileira na produção de conhecimento em emergência

  • Maicon Costa de Morais Universidade Celso Lisboa
  • Carla de Souza Couto
  • Paulo Segio da Silva Marques
  • Rayane Menezes Coelho Pereira
  • Wanderson Alves Ribeiro
  • Rafael Oliveira Pitta Lopes
Palavras-chave: Enfermagem, Emergências, Epistemologia

Resumo

A enfermagem quanto profissão da saúde vem sendo reconhecida desde a metade do século XIX, quando Florence Nightingale desenvolve atributos em um campo de atividades de cuidado. Tendo como objetivo identificar as produções de conhecimento cientifica da enfermagem brasileira sobre o conhecimento em emergência e discutir as tendências temáticas e metodológicas dessa produção. Trata-se de estudo de revisão integrativa com abordagem quantitativa para a identificação das tendências temáticas e metodológicas da enfermagem brasileira na produção de conhecimento em emergência. A fim de apresentar a produção do conhecimento da enfermagem brasileira identificada nessa revisão, produziram-se tabelas e gráficos afim de identificar a que passo anda a produção de conhecimento da enfermagem brasileira no que tange o campo de emergência e as regiões e revistas que publicaram essas respectivas produções de artigos científicos, sendo essas representativas de duas subcategorias da enfermagem em emergência: intra-hospitalar e pré-hospitalar. A Enfermagem enquanto disciplina do âmbito da ciência tem a responsabilidade de contribuir, permanentemente, com a produção de conhecimentos capazes de sustentar ações de cuidado culturalmente congruentes, tecnicamente competentes, moralmente aceitáveis e que contribuam para preservação da vida em sua plenitude nas diversas situações do processo de viver humano.

Biografia do Autor

Maicon Costa de Morais, Universidade Celso Lisboa
Pós-Graduando em Enfermagem em Terapia Intensiva e Emergência (CELSO LISBOA); Pós-Graduando em Enfermagem em UTI Neonatal e Pediátrica (FAVENI).
Carla de Souza Couto
Pós-Graduanda em Saúde Pública com ênfase em Estratégia Saúde da Família (FAVENI); Pós-Graduanda em Saúde Mental com ênfase em Psiquiatria (FAVENI).
Paulo Segio da Silva Marques
Enfermeiro
Rayane Menezes Coelho Pereira
Pós-Graduanda em Auditoria em Enfermagem pela Graduarte Centro de Cursos Acadêmicos.
Wanderson Alves Ribeiro
Mestrando do Programa Acadêmico em Ciências do Cuidado em Saúde pela EEAAC/UFF. Pós-Graduado em Alta Complexidade (UNIGRANRIO); Saúde da Família (UNIRIO); Informática em Saúde (UNIFESP); Nefrologia Multidisciplinar (UERJ); Gestão de Redes e Atenção à Saúde (FIOCRUZ); Pediatria e Neonatologia (FAVENI).
Rafael Oliveira Pitta Lopes
Enfermeiro. Doutorando em Enfermagem e Mestre em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ, Pós-Graduado em Enfermagem em Emergência pela Universidade Celso Lisboa, Pós-Graduado em Enfermagem Cardiológica pela Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ.

Referências

Pires, D. A enfermagem enquanto disciplina profissão e trabalho. Rev. Bras. Enferm. [Internet] 2009. acesso em: 2016 nov. 27. 62 5: 739-44. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003471672009000500015 DOI: http: //dx.doi.org/10.1590/S0034-71672009000500015.

Schaurich, D., Crossetti MGO. Produção do conhecimento sobre teorias de enfermagem: análise de periódicos da área, 1998-2007. Esc. Anna Nery Rev. Enferm [Internet]. 2010; 14 1: 182-88. [acesso em: 2016 nov. 27.] Disponível em. http://www.scielo.br/pdf/ean/v14n1/v14n1a27 DOI. 10.1590/S1414-81452010000100027.

Figueiredo, RM, Zem-Mascarenhas, SH, Napoleão, AA, Camargo, AB. Caracterização da produção do conhecimento sobre sistematização da assistência de enfermagem no Brasil. Rev Esc Enferm USP 2006; 40(2): 299-303. [acesso em: 2016 nov 27]. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342006000200021 DOI.org/10.1590/S0080-62342006000200021

PADILHA, Maria Itayra et al. Tendências recentes da produção em história da enfermagem no Brasil. História, Ciências, Saúde [Internet], v.20, n.2,. 2013, p.695-707. Acesso em: 27 nov. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/hcsm/v20n2/0104-5970-hcsm-20-02-00695.pdf.

Valentim MRS, Santos MLSC. Políticas de saúde em emergência e a enfermagem. Rev. enferm. UERJ [Internet] 2009. acesso em: 2016 nov. 27 17(2):285-9. Disponível em: http://www.facenf.uerj.br/v17n2/v17n2a26.pdf

Lanzoni, GMM, Meirelles, BHS, Liderança do enfermeiro: uma revisão integrativa da literatura, Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet] 2011 [acesso em 20 GO] 19(3). Disponível em http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692011000300026

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto Enfermagem [Internet]. 2008 . acesso em 2016 set. 30; 17 4: 758-764. Disponível em: http://www.producao.usp.br/handle/BDPI/3509.

Publicado
2018-12-21