A correlação entre o abuso do álcool e a Violência por Parceiro Intimo (VPI)

Uma revisão integrativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21727/rm.v13i1.3077

Resumo

A violência por parceiro íntimo (VPI) é um fenômeno de ordem repetitiva e abusiva e engloba comportamentos de controle, vergonha, culpa e isolamento da vítima. Nesse sentido, o consumo excessivo do álcool demonstrou ser um elemento precipitador e potencializador nesse contexto. Esse estudo objetivou analisar a potencialidade do álcool no contexto de violência da VPI. Fundamentou-se em revisão de literatura realizada no período de junho de 2021. A pesquisa foi feita em bases de dados nacionais e internacionais, incluindo a Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), SciELO Brasil e a PubMED. Obteve-se um retorno de 45 artigos, sendo que na delimitação posta pelo critério de inclusão, restaram apenas 15. Evidenciou-se através desse estudo fatores sociais atingem diretamente nesse contexto de violência, como o tempo de relacionamento. Ademais, fatores socioeconômicos, como depender financeiramente do marido, corroboram com a permanência das esposas nesse contexto de violência. Além disso, o consumo excessivo, progressivo e contínuo do álcool pelos cônjuges configura-se como um elemento potencializador no contexto da VPI, contribuindo para o desgaste emocional das esposas, que apresentam sintomas depressivos, medo exagerado, instabilidade de humor, dentre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-04-19

Edição

Seção

Dossiê Temático: Violência contra a mulher