Assistência Psicológica na Hemodiálise: um espaço possível para a ressignificação.

Autores

  • Jéssica dos Santos Queiroz Universidade de Vassouras
  • Juliana Fernandes de Souza Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.21727/rm.v12i1.2397

Resumo

O fio condutor desse trabalho aborda o impacto da Insuficiência Renal Crônica, seu tratamento e suas implicações, o processo de hospitalização na vida desses pacientes e seu entorno e levanta reflexões acerca das restrições, perdas, mudanças, transformações decorrentes da doença. Para tanto, elucidamos a relevância do papel do psicólogo como membro do grupo de profissionais que compõe a unidade de hemodiálise e sua atuação, com o intuito de amenizar o sofrimento advindo do adoecimento e propicia uma discussão referente à possibilidade da ressignificação. Além disso, destaca-se a importância da humanização no cuidado, da identificação do indivíduo em sua totalidade, do redescobrimento do sentido da sua existência diante um cenário que propicia uma aproximação com a fragilidade e a finitude e, ainda, possibilita uma reflexão acerca da importância de ofertar uma escuta qualificada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-04-27

Edição

Seção

Artigos de Demanda Contínua