A Formação Social do Estado Brasileiro

origens e a modernização no pensamento político institucional

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo resgatar e reexaminar as interpretações analíticas de autores, já considerados clássicos das ciências sociais, que pensam o Brasil em torno da questão da democracia e o caráter do Estado que aqui se formou. Dessa forma, buscamos analisar o conjunto interpretativo de compreensão do pensamento social brasileiro em Raymundo Faoro, Sérgio Buarque de Holanda e Simon Schwartzam. Que em parte significativa têm destacado a forma de organização da política brasileira desde os seus primórdios e a ausência de condições mínimas para a existência da democracia no Brasil, bem como a reificação de uma condição patrimonial entre as relações sociais. Em outras palavras, destacaremos o enorme vigor do poder privado no Brasil desde os tempos coloniais, o qual se cristalizou como um verdadeiro empecilho para a democratização do país, logo para seu processo de modernização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Silva Rezende, Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro

Doutorando em Ciências Sociais, ênfase em Ciência Política, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Mestre em Sociologia Política (Sociologia e Ciência Política) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ), bem como é bacharel em Relações Internacionais pelo Departamento de Ciência Política e Relações Internacionais da Universidade Cândido Mendes (UCAM), foi bolsista de Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ- 2013-15) e bolsista de mestrado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) entre 2016-2018. Tem experiência nas áreas de Sociologia, Ciência Política e Relações Internacionais, produzindo investigações sobre sociologia política, cultura e comportamento político, instituições religiosas e participação política.

Publicado
2020-12-02
Seção
Dossiê Temático: Estado: Formação Social, Políticas Públicas, Meio Ambiente e Em