A fé como agente de resiliência frente ao diagnóstico e tratamento de mulheres com câncer de mama

  • Fernanda Aparecida Nogueira da Silva Universidade de Vassouras
  • Viviane Jeanny da Silva
  • Tamires Jordão Laport

Resumo

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama, tais células anormais se multiplicam, formando um tumor. O câncer de mama é o tipo de doença mais comum entre as mulheres do mundo. O diagnóstico precoce da doença é de extrema importância, e pode-se afirmar que a forma como encara-se esse diagnóstico é tão importante quanto. O objetivo do presente trabalho é investigar se a presença da fé é uma condição relevante tanto no diagnóstico quanto no tratamento de mulheres com câncer de mama, assim como compreender como a fé está relacionada a resiliência. Este estudo, de abordagem qualitativa, foi realizado por meio de uma pesquisa de campo através de entrevistas com 10 mulheres com câncer de mama do Serviço de Oncologia de um hospital. Os resultados sugerem que uma mulher resiliente pode lançar mão da fé como um agente propulsor dessa resiliência, de modo a oferecer recursos que possibilitem a enfrentar tanto o diagnóstico, como o tratamento do câncer de mama. Espera-se que esse estudo contribua para uma melhor resposta de mulheres que se encontram frente a um diagnóstico e tratamento de câncer de mama. Buscando também resultados satisfatórios que corroborem para o crescimento de pesquisas na área em psicologia.

 

Palavras-Chave: Câncer de mama; Fé; Resiliência; Psicologia.

Publicado
2019-10-23
Seção
Primeiros Escritos