Importância do Ludodiagnóstico e do brincar na Psicanálise Infantil.

  • Daiane da Silva Assis Universidade de Vassouras
  • Michele Mariana Vieira Ferreira Santos Universidade de Vassouras

Resumo

O brincar é uma atividade natural da criança, que também é utilizada como técnica para análise infantil. Considerando que a criança possui limitações em sua linguagem verbal, o brincar pode ser a via de acesso para conhecer seus sentimentos e pensamentos. Esses princípios levaram à formação do ludodiagnóstico, um método projetivo para conhecimento do paciente através de jogos e brincadeiras. Dessa forma, a revisão de literatura dos autores referenciados no tema contribuiu para reforçar a importância dessa linguagem, bem como os fatores inerentes a ela. Pode-se observar ainda que o ludodiagnóstico é uma técnica bem estabelecida e que, apesar de pequenas divergências entre os autores, pode ser o melhor meio para compreender e estabelecer vínculos com a criança, trazendo ainda benefícios a esta. Entretanto, faz-se necessário que o profissional domine conhecimentos específicos que devem ser realizados.

Palavras-chave: Ludodiagnóstico; Brincar; Psicanálise infantil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-11
Seção
Artigos de Demanda Contínua