O retorno à obesidade após a cirurgia bariátrica: O que a Psicologia tem a dizer?

  • Samanta Maria Nogueira De Barros Universidade de vassouras
  • Bárbara bastista silveira universidade de vassouras.
Palavras-chave: Obesidade, Cirurgia bariátrica, Reganho de peso, Psicologia.

Resumo

A obesidade é atualmente reconhecida como um dos mais relevantes problemas de saúde pública no mundo inteiro. Estima-se que existam cerca de 2 bilhões de adultos com sobrepeso, dos quais 670 milhões são considerados obesos. O objetivo do artigo foi buscar compreender os aspectos psicológicos relacionados ao reganho de peso dos indivíduos que se submeteram à cirurgia bariátrica, uma vez que tal situação pode ocasionar uma série de problemas emocionais e psicológicos para os mesmos. O estudo se justifica porque a obesidade vem alcançando níveis bastante preocupantes, tratando-se de um fenômeno multifatorial que abrange fatores genéticos, comportamentais, psicológicos, sociais, metabólicos e endócrinos. O artigo foi desenvolvido por meio de revisão de literatura, optando-se por uma abordagem qualitativa, onde se direcionou os estudos no sentido de poder-se compreender que não é suficiente manter-se uma relação saudável com o alimento, mas sim estabelecer uma relação saudável com a vida, por meio de mudanças na maneira de viver, eliminando o acúmulo de excessos que se tornam maléficos, inclusive na alimentação. O estudo observa que o tratamento psicológico deve estar embasado dentro de uma perspectiva Cognitiva-Comportamental, enfatizando principalmente a intervenção sobre os pensamentos, sentimentos e comportamentos do paciente.

Publicado
2019-06-25
Seção
Primeiros Escritos