Futebol na periferia: relações sociais e política.

  • Denner Eduardo Aves dos Santos Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Futebol, Baixada Fluminense, Periferia

Resumo

Futebol é um o esporte mais popular do Brasil e isso independe da classe social e faixa etária dos indivíduos, a cada partida vemos a presença de diversos perfis sociais ocupando os estádios, porém o esporte só conseguiu essa dimensão nacional após deixar de ser um esporte racista e elitista, passando a ser praticado nas periferias. Analisando periódicos da cidade do Rio de Janeiro e páginas dos clubes o objetivo do texto é apresentar a história de dois clubes da Baixada: o E. C. Nova Cidade (de Nilópolis) e o Nova Iguaçu F. C. identificando a dificuldade que os clubes tem a de se manterem na elite do futebol e como a sociedade local ainda se vincula aos grandes clubes da capital fluminense. Também procuro ver futebol como cultura nesses espaços, e como funciona a prática esportiva na periferia do Rio de Janeiro

Biografia do Autor

Denner Eduardo Aves dos Santos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Graduando em Licenciatura em História pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Instituto Muldisciplinar.

Referências

Referências

COSTA, Leda. Dos laranjais ao laranjão: futebol na Baixada Fluminense. Rio de Janeiro. Blog do Grupo de Pesquisa Esporte e Cultura (FCS/UERJ). 2013. Disponível em https://comunicacaoeesporte.com/2013/01/30/dos-laranjais-ao-laranjao-futebol-na-baixada-fluminense. Acesso em 04.04.2018.

DA MATTA, R. Universo do Futebol: esporte e sociedade brasileira: Rio de Janeiro. Pinakotheke. 1982.

GALDO, Rafael. Baixada Fluminense: os dilemas de uma população numerosa e carente de serviços básicos. Rio de Janeiro, 2014. Disponível em: https://oglobo.globo.com/brasil/baixada-fluminense-os-dilemas-de-uma-populacao-numerosa-carente-de-servicos-basicos-13968398. Acesso em 07.04.2018.

HELAL, R. O que é Sociologia do Esporte. Brasiliense, São Paulo, 1990 (Coleção Primeiros Passos).

HELAL, R.; SOARES, A.; LOVISOLO, H. A Invenção do País do Futebol: Mídia, Raça e Idolatria. Rio de Janeiro. Mauad. 2007.

MELO, V A. Esporte, propaganda e publicidade no rio de janeiro da transição dos séculos XIX e XX. In: Revista Brasileira de Ciências do Esporte, vol. 29, n. 3, maio/ 2008. Disponível em http://www.revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/viewFile/207/211 Acesso em 28.03.2018.

MONTE, J B. O poder político da FIFA, 2014. Disponível em https://www20.opovo.com.br/app/opovo/mundo/2014/05/03/noticiasjornalmundo,3245353/o-poder-politico-da-fifa.shtml Acesso em: 28.03.2018.

OLIVEIRA, A. F. Origem do Futebol na Inglaterra no Brasil. In: Revista Brasileira de Futsal e Futebol. São Paulo, v.4, n. 13, p. 170 - 174. Set/Out/Nov/Dez, 2012.

RODRIGUES, F. X. F. Futebol e Teoria social: uma introdução à sociologia do futebol brasileiro. Ciências Sociais Unisinos, Unisinos - São Leopoldo - RS, v. 38, n.160, p. 65-93, 2002.

SANTOS, R. P. Uma Breve História Social do Esporte no Rio de Janeiro. In: Francisco Carlos Texeira da Silva; Ricardo Pinto dos Santos. (Org.). Memória Social dos Esportes Futebol e Política: A construção de uma identidade Nacional. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad, 2006, v. 2, p. 33-54.

SILVA, L. H. P.. De Recôncavo da Guanabara a Baixada Fluminense: leitura de um território pela história. Recôncavo Revista de História da UNIABEU, v. 3, p. 47-63, 2013.

SILVA, L. H. P.. Entre Laranja e Gente: notas preliminares sobra urbanização na Baixada Fluminense. In: XVII ENANPUR, 2017, São Paulo. In: Anais do XVII Enanpur. São Paulo: ANPUR, 2017. v. 17. p. 1-18.

TONINI, M. D. Negros no futebol brasileiro: olhares e experiências de dois jornalistas brancos. In: Anais da ANPUH – XXV Simpósio Nacional de História, Fortaleza, 2009.

Fonte

SPIEGEL Interview with Kofi Annan "We Are a Bit Envious of FIFA", Interview conducted by SPIEGEL editors Stefan Aust, Hans Hoyng and Georg Mascolo, in July 18, 2006.

Publicado
2018-12-28
Seção
Artigos de Demanda Contínua