Atividade prática do conhecimento cognitivo sobre a temática Rede de Atenção à Saúde. Relato de experiência em um curso de graduação em medicina

  • Maria Cristina Almeida de Souza Universidade de Vassouras. Docente do Curso de Graduação em Medicina. Docente do Mestrado em Ciências Aplicadas em Sa´úde https://orcid.org/0000-0001-7631-723X
  • Sebastião Jorge da Cunha Gonçalves1 Universidade de Vassouras. Docente do Curso de Medicina e de Enfermagem
  • João Carlos de Souza Côrtes Júnior Universidade de Vassouras. Docente do Curso de Medicina.
  • Maria Júlia Campos Guerra Universidade de Vassouras. Docente do Curso de Medicina.
  • Ramon Fraga de Souza Lima Médico Residente em MFC no Hospital Universitário de Vassouras
  • Carlos Jesivan Marques Albuquerque Universidade de Vassouras. Docente.

Resumo

A abordagem da temática Rede de Atenção à Saúde (RAS) é importante na graduação dos cursos de saúde a fim de formar profissionais conhecedores da diversidade e funcionamento dos serviços de saúde bem como de sua imprescindibilidade para a integralidade do cuidado em saúde prestado ao usuário. O Curso de Graduação em Medicina da Universidade de Vassouras tem uma matriz curricular que oferta, no 4º período, a disciplina “Prática de Integração Ensino-Serviço-Comunidade” (PIESC), com carga de 80 horas semanais. No espaço intra-muro, durante as atividades teóricas, os docente problematizam referencial teórico sobre a RAS enquanto o componente da atividade prática da PIESC contempla, como estratégia metodológica, a visita in loco in loco aos serviços nos diversos níveis de atenção, uma estratégia para a aprendizagem significativa sobre o assunto pelo estudante de medicina. Contudo, a escassez de recursos para a avaliação prática do conhecimento cognitivo norteou a adoção de uma metodologia inovadora, que ao revelar-se criativa, interessante e promotora da socialização do saber entre os diversos grupos de alunos, contribuiu para o alcance do objetivo da disciplina. Descreve-se nesse artigo a experiência com a realização da atividade inovadora e a percepção dos estudantes sobre a validade da mesma.

Palavras-chave: Medicina; Educação Médica; Sistema Único de Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cristina Almeida de Souza, Universidade de Vassouras. Docente do Curso de Graduação em Medicina. Docente do Mestrado em Ciências Aplicadas em Sa´úde

Doutora. Mestre. Especialista. Docente do Curso de Medicina da UV. Área Saúde Coletiva

Publicado
2019-12-10