Demandas dos guardas municipais de Valença, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, sobre os procedimentos de primeiros socorros

  • Admilde Dias de Souza Universidade de Vassouras. Mestrado em Ciências Aplicadas em Saúde
  • Maria Cristina Almeida de Souza Universidade Severino Sombra

Resumo

A Guarda Municipal (GM) é uma instituição de Segurança Pública. Sua criação é facultada ao Poder Executivo Municipal. O município de Valença, localizado no sul do Estado do Rio de Janeiro teve sua Guarda Municipal foi criada pela Lei Complementar nº. 53, de 28 de Dezembro de 2005, posteriormente regulamentada pelo Decreto nº. 36, de 14 de Março de 2012. Sua função é zelar pelo bem dos cidadãos e pela segurança patrimonial, ao executar policiamento administrativo ostensivo, possibilitar o convívio social zelando pela ordem pública, bem estar social, serviços e instalações públicas municipais. Com a complexidade da administração dos municípios, as atribuições das atividades das GM foram diversificadas não se restringindo ao caráter meramente patrimonial. Desta forma, os integrantes da GM devem prestar ajuda a alguém que esteja passando mal, desde que estejam preparados para tanto, seja na realização de uma intervenção propriamente dita ou simplesmente contactando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Há necessidade de qualificar o processo de trabalho dos integrantes da GM, capacitando-os para prestarem atendimento de primeiros socorros à população. Os conteúdos das capacitações devem impactar no processo de trabalho dos integrantes da GM, que idealmente, devem sinalizar suas demandas temáticas para que o processo ensino-aprendizagem seja significativo. O objetivo desse artigo foi identificar quais as demandas de guardas municipais do município de Valença, Estado do Rio de Janeiro, sobre os procedimentos de primeiros socorros.

Palavras-chave: Capacitação em serviço; Educação; Urgências Médicas; Primeiros Socorros.

 

Biografia do Autor

Admilde Dias de Souza, Universidade de Vassouras. Mestrado em Ciências Aplicadas em Saúde

Enfermeiro. Aluno do Mestrado Profissional em CiênciasAplicadas em Saúde

Maria Cristina Almeida de Souza, Universidade Severino Sombra
Doutora. Mestre. Especialista. Docente do Curso de Medicina da USS. Área Saúde Coletiva
Publicado
2019-12-10