Política da Editora da Universidade de Vassouras/Universidade de Vassouras Publishing Process

O Portal da Editora da Universidade de Vassouras reúne em um único lugar as Revistas acadêmicas da Universidade e gerencia a comunicação entre autores/editores com a finalidade de viabilizar a publicação de artigos científicos produzidos no ambiente acadêmico, sobre as áreas do conhecimento reconhecidas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Revistas

  • Revista de Saúde

    A Revista de Saúde tem como proposta a publicação de artigos científicos originais, estudos de caso, relatos de caso, Ponto de Vista, Panorama Internacional e uma sessão à Beira do Leito, todos voltados a temas relacionados à Medicina Interna, além de Urgência e Emergência Médica, com o objetivo de aumentar a visibilidade da produção científica através da política de Open Access (Acesso Livre), buscando excelência de conteúdo e brevidade no processo de avaliação e publicação, utilizando revisores Ad hoc.


    e-ISSN 2179-2739

  • Revista Eletrônica TECCEN

    A Revista Eletrônica TECCEN (R. Eletr. TECCEN) é um espaço voltado para a divulgação de artigos científicos originais e comunicações científicas (short communications) envolvendo as áreas de Ciências Exatas, Ambientais, Agrárias e Multidisciplinares.


    e-ISSN 1984-0993

  • Revista Fluminense de Extensão Universitária

    A Revista Fluminense de Extensão Universitária (R. Flu. Exten. Univ.) visa publicar artigos relacionados a ações de extensão universitária com origem na comunidade acadêmica e foco no desenvolvimento sócio-cultural.


    eISSN 2237-3853

  • Revista Mosaico

    A Revista Mosaico (R. Mos.) é uma revista multidisciplinar de humanidades, e vem abrir espaço para a publicação de pesquisas de professores, pesquisadores e alunos, não só da instituição sede, como de outros centros de pesquisa e reflexão acadêmicas.


    eISSN: 2178-7719

  • Revista Pró-UniverSUS

    A Revista Pró-UniverSUS (R. Pró-Uni.) tem o compromisso social e institucional de divulgar resultados de pesquisas e experiências inovadoras de ensino, extensão e práticas de saúde relacionadas aos objetivos do Pró-Saúde.


    Indexada em bases Nacionais e internacionais e com emissão de D.O.I.


    eISSN: 2179-8931

  • Publicações

    Manuais, Livretos e Material didático produzido por docentes e discentes da Universidade de Vassouras e Instituições afins.
  • Revista Caminhos da História

    A produção discente do Programa de Pós-Graduação em História Social (PPGHS) da Universidade Severino Sombra reflete seus objetivos no próprio título escolhido de sua revista: Caminhos da História. É da natureza da vida acadêmica, desde seus princípios, trilhar e desbravar os caminhos da pesquisa. Assim como é igualmente importante o diálogo, a troca de ideias e o debate constante para se desenvolver a leitura crítica. Para tal, a revista discente do PPGHS vem compor este canal necessário de divulgação e produção de nosso programa.


    A revista publicou seu último volume e número em 2011.


    ISSN: 1806-566x

  • Revista Eletrônica PatrimoniUSS

    Este primeiro número da Revista Eletrônica Patrimoniuss traz textos de pesquisados convidados. Assim, apresenta um artigo de José D’Assunção Barros que analisa aspectos relacionados à História da Cultura Material. Outro texto, de Anderson Tibau e Jaqueline Calvano, discute o patrimônio, a paisagem e as relações socioculturais no Caminho das Missões, por meio de uma metodologia de interpretação semiótica das imagens. O texto de Robson Fonseca Simões, numa interface entre Lingüística e História, convida o leitor a refletir sobre a dinamicidade da língua, trazendo cenários da literatura e da escrita típica da internet. Outra interface apresentada é entre Análise de Gênero e História, no texto escrito por Ana Maria Leal Almeida, que discute os estereótipos construídos pela historiografia tradicional acerca da mulher no século XIX. Novamente uma análise interdisciplinar aparece em um dos textos – Psicanálise; História e Educação, de Luiza Rodrigues de Oliveira, que nos remete à crítica da historiografia romântica e nos apresenta a possibilidade de “inventar”, “produzir” o passado. Bernadete Bento, Marinéa Rodrigues e Hermes Ferreira apresentam e analisam a história e a memória do município de Marica. No último artigo, Rafael Santana Gomes percorre os diversos caminhos do Decadentismo deixados por Charles Baudelaire e apresenta as ressonâncias dessa escola literária em alguns escritos de Mário de Sá-Carneiro e de Fernando Pessoa. Desejamos a todos boa leitura e grandes questionamentos e desejamos, ainda, que a busca pela interdisciplinaridade continue perpassando os textos que farão parte dos próximos números da Patrimoniuss.